terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Sobre filtros

                                                                    imagem via Pinterest


Você já deve ter visto esse objeto. Ele é um filtro dos sonhos. Tradição de índios americanos que colocavam essas pequenas redes em suas casas para evitar que as crianças tivessem pesadelos.
Bem, nós realmente não acreditamos que esse objeto tenha o poder de impedir sonhos ruins e permitir apenas os bons. Mas ele pode funcionar como um lembrete de como devemos selecionar nossos pensamentos (além de ser bem decorativo... rs).
Quando resolvemos viver do nosso trabalho manual, ideias não faltaram. De repente, a gente queria colocar em prática tudo que ficou guardado por anos apenas no sótão da nossa cabeça! Quando nos demos conta, a quantidade e a variedade das peças havia se multiplicado a um ponto que virou um "balaio de gato". Olhando pra tudo aquilo não dava pra perceber uma identidade, uma coerência. 
Então chegou a hora de filtrar. Separar aquilo que mais transmitia nossa essência e nosso estilo. 
Tiramos várias coisas do nosso portfólio, sem a preocupação de substituí-las; apenas "limpamos" a casa.
Reduzimos nosso leque de opções e conseguimos dar um suspiro: muito melhor! 
É claro que ainda reavaliamos nosso rumo de tempos em tempos. Isso vai acontecer para sempre; precisa ser assim, até para que coisas novas possam ter espaço para nascer.
Olhando para esse filtro dos sonhos a gente percebe que nem só os sonhos ruins deveriam ser impedidos de passar (aqueles que sempre vem pra tentar nos desanimar e assustar), mas, às vezes, até desejos bons precisam de um pouquinho de paciência e foco para se tornarem uma boa realidade.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Segunda. Que pode ser de primeira

E hoje é segunda-feira. Aquele dia odiado por muitos, dia de começar a semana de trabalho e encarar de frente as responsabilidades. Dia de... encontrar isso:


(O Blogger sobe vídeos do Youtube mas não do Vimeo, ou não sabemos como fazer isso. Só clicar no link que vai)

Porque... e se for numa segundona da vida que o seu plano vai decolar? Ou você vai encontrar um amor pra chamar de seu? Ou vai começar uma amizade nova? 
Mais do que tentar redimir o segundo dia da semana (que funciona na prática como o primeiro) a gente podia tentar pelo menos olhar pra ele de outra forma e talvez, só talvez, enxergar que ele é o seu hoje, é o único que você tem e pode fazer dele o melhor que você pode.
Aproveite e olhe para as pessoas ao seu redor. Quantas pessoas passaram por esse senhor, sentado no meio do lixo e pensaram que era apenas um bêbado, um coitado, um ninguém? Mas ele era mais do que isso. É um poeta. E conseguiu realizar o seu sonho de publicar seu livro. Talvez numa segunda-feira.
"Desgraçado é o homem que abandona a si mesmo". E também o que despreza um dia da semana que, como todos os outros seis, é o seu presente.